quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Deus falou!

Teria sido uma semana igual a tantas outras, não fosse a fome e sede que Deus despertou em nós e a disponibilidade para ouvi-lO.

No corre-corre do dia a dia, no meio de tanto stress, tudo seria mais fácil se, antes de qualquer coisa, nos disposessemos a ouvi-lO. Mas isso, geralmente, nem nos ocorre. Lembramo-nos disso em eventos como este, a Conferência do Desafio Jovem, porque não agendamos mais nada para aqueles dias e, então, ficamos ali, de manhã, à tarde e à noite a ouvir Deus falar, não apenas através de homens que Ele escolheu, mas directamente ao nosso coração... porque estamos ali... sem pensar em mais nada... sem lembrar que há tanto para fazer... a "curtir" a Sua presença! E é tão bom!!!...
Depois, sentimo-nos revigorados e dizemos (ou pensamos) "vou deixar de ser parva, a partir de agora quero sentir a presença de Deus em mim e ouvir o que Ele tem para me dizer, em cada dia. Só depois disso, avanço para os afazeres."

E o que acontece?... Hã?... Quem sabe?
Claro, continuamos a ser parvas!... Deixamos que a azáfama da vida controle o nosso viver!

Eu não quero isso. Eu sei que apenas a minha vontade pode impedir que eu receba de Deus o que Ele tem para mim, mais nada! Por isso, estou na luta.

Lutarei até que todos os meus dias comecem com um "bom dia, Senhor! Obrigada porque escolheste viver em mim. Tens alguma coisa para me dizer hoje?" Então O ouvirei e O louvarei por tudo quanto tem feito em mim e por mim.

É esta a minha vontade!!!

Beijinhos para todos e que Deus vos abençoe, Lisá





2 comentários:

Anónimo disse...

Estou 'nessa' também!
Beijos.

jc disse...

Eu, este ano não fui...

;( é o primeiro em muitos, que falho...

Compromissos profissionais... Mas o meu coração, pensamento e oração este lá...

bjs